Turismo em Paris

Igreja Saint Sulpice

Um das coisas que mais me impressionam neste país além da sua beleza é a conservação dos monumentos históricos, museus, igrejas e prédios em geral. Ao entrar em qualquer local, gosto muito de ver a data de sua construção e pasmem, essa Igreja de estilo Românico foi construída em 1646 pelo sacerdote parisiense Jean Jacques.

Saint-Sulpice significa Santo Piedoso, essa igreja ficou conhecido pela menção na obra “O Código da Vinci” de Dan Brown e uma das suas particularidades é o seu gnômon, uma coluna que marca a hora do dia projetando a sua sombra no solo.

 

As grandes janelas enchem o interior do templo de luz. Nele se destacam ainda um par de pias para água benta em forma de conchas junto à entrada, que foram um presente da República de Veneza para o rei Francisco I de França.

 

É comum haver órgãos nas igrejas aqui de Paris e nesta igreja, não só há, como são celebrados regularmente concertos com este instrumento.

Vejam essa imagem logo abaixo, não é algo surpreendente? É o Sudário de Turim, uma peça de linho que mostra a imagem de um homem muito parecido com a crucificação. A imagem do negativo fotográfico do manto foi vista pela primeira vez na noite de 28 de maio de 1898 através da chapa inversa feita pelo fotógrafo amador Secondo Pia, que recebeu a permissão para fotografá-lo durante a sua exibição na Catedral de Turim

 

Endereço: 2 Rue Palatine, 75006 Paris, França

Fonte: http://www.sacrasindone.org/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *