Turismo em Paris

Jardin de Luxembourg

Um jardim inspirado em Florença – Tive a oportunidade de conhecer o Jardim de Luxemburgo em duas estações diferentes (inverno e primavera) e a diferença é incrível; perfeito exemplo de delicadeza e beleza de alguns dos muitos espaços em Paris. No inverno o castelo se destaca pela sua linda arquitetura, já a paisagem parece morta e os dias são sempre escuros; na primavera o jardim parece se transformar em outro local, suas diversas flores coloridas desabrocham e as árvores de seu pomar lotam de frutas, fenômeno que atrai muitos parisienses e turistas.

Em 1612 Maria de Médicis que foi casada com Henrique IV, não admirava o Louvre na época moradia da monarquia francesa; decidiu então adquirir o terreno que hoje é denominado Jardim de Luxemburgo de François de Luxemburgo (por isso o nome do lugar) e fez dele sua residência. Maria de Médicis sentia muita falta da Itália e então decidiu recriar os jardins que ela conheceu quando criança em Florença sua terra natal.

O Jardim do Luxemburgo ou Jardin du Luxembourg na lingua francesa é o maior parque público da cidade de Paris com mais de 224 mil m², localizado no 6º arrondissement.

O jardim possui um enorme parterre (é um componente de um “jardim formal”, plantado numa superfície plana e consistindo em canteiros de flores ou outras plantas), ele é decorado com uma coleção de estátuas e também com pequenos lagos.

Segundo dados do Senado, que administra a área, em um domingo de verão, o Jardim de Luxemburgo já acolheu 100 mil visitantes. E esse recorde ainda pode aumentar.

As pessoas gostam de tomar sol, fazer pique-nique (muito comum aqui na França) correr, e jogar tênis.

A Fontaine Médicis (Fonte Médicis) foi desenhada por Salomon de Brosse, por encomenda de Maria de Médicis, foi inaugurada em 1630. O projeto original foi de Thomas Francini .

Mais parece uma pintura do que uma foto, mas é um foto posso garantir, o dia estava ensolarado e consegui pegar a sombra das árvores na agua da fonte.

Endereço: 6e Arrondissement, 75006 Paris, França

Fonte: br.rendezvousenfrance.com

Senado França

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *